23 janeiro 2013

(Resenha)Chão de vento.


(Resenha)Chão de vento.

Autora: Flora Figueiredo
Gênero: Poesia
Editora: Geração Editorial.


                Escrever poesia, é um dom, e Flora Figueiredo demonstra todo esse dom em seu livro Chão de vento
   Quando Rubens Scavone disse, a Flora: “ É você que escreve a pura poesia? Aquela que havia antes das teorizações?”
Concordo plenamente com ele, tenho que admitir que, a poesia de Flora é pura, e completamente sem teorizações, a poesia que fala com as pessoas, e sempre deixa aquele gostinho de quero mais. Em Chão de vento nos vemos a pura poesia, capitada nos melhores e pequenos momentos da vida, poesias sem grandes pretensões, que tem a capacidade de mostrar pequenos momentos se tornando grande.
Poucos escritores conseguem descrever momentos e torna-los em poesia, como eu disse no começo flora consegue fazer isso, com muita simplicidade e naturalidade, esse é um livro que eu mais que recomendo, no livro tem um pouquinho de tudo. Flora é uma escritora de poesia com sua voz feminina,Apaixonada, irreverente, picante, sedutora e cúmplice dela mesmo e dos seus sentimentos.
O livro contem poesias envolventes, que mostram que a poesia esta ao nosso redor, em vários momentos da nossa vida, só precisamos prestar um pouco mais de atenção.

Como definir os poemas deste livro?Flora Figueiredo, elogiada por Caio Fernando de Abreu, Ferreira Gullar e Antonio alçada Baptista, entre outros, é mais que apenas uma voz feminina em nossa poesia.
Apaixonada, irreverente, picante, sedutora e cúmplice, ela nos leva pelo mundo das palavras como se fizesse musica.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Diga o que acha, e ajude a transformar o blog a cada dia.