Resenha A travessia.

                           A travessia 
 Editora: Arqueiro
Ano: 2012
Escritor: William P. Young
 

 Você já imaginou como seria encontrar-se com Jesus  dentro de você mesmo?

O Anthony encontrou, e não conseguiu resistir, até ele, uma pessoa egocêntrica, teve que render-se ao amor, e ao arrependimento, para tentar mudar e conseguir uma nova chance. 
 

            William P. Young é escritor do grande sucesso, A Cabana, e também deste livro A Travessia, que eu li, e com toda certeza gostei. E é por  muito ter apreciado este livro que estou aqui para falar sobre ele.



            O livro é muito bem escrito e possui uma história fascinante. Anthony é um milionário egocêntrico que após sofrer um derrame cerebral entra em coma. Ele acorda em um mondo totalmente fora do normal, e depois de algumas paginas descobrimos com ele, que aquele lugar em ruínas, é tudo o que ele guarda de ruim dentro dele, magoas tristezas, angustia orgulho, raiva e o pior de todo o seu ego.

- Justo? - resmungou vovó. - Essa é boa. Anthony, não existe nada de justo em um mundo imperfeito, cheio de pessoas imperfeitas. A justiça tenta ser justa, mas falha em cada uma de suas tentativas. Nunca a nada de justo na graça ou no perdão. Confissões não tornam as coisas justas. A vida não é questão de oferecer a recompensa justa pelo desempenho correto. Contratos, advogados, doenças, poder, nada disso está interessado em justiça. Talvez seja melhor tirar essas palavras mortas de suas línguas e se concentrar em palavras vivas, como misericórdia, bondade, perdão e graça. Quem sabe assim você para de se preocupar tanto com os seus direitos e com o que considera justo.  pag.101/102.
            O mais incrível de tudo neste livro, é a forma como tudo é bem descrito, emoções, e reações, são muito bem entendidas, e explicadas pelo autor do livro, que tenta nos mostrar e descrever tudo o que Anthony realmente passou e sentiu.
            Todos o julgavam e o olhava torto, Anthony achava que Deus não o amava, e não se importava com ele, mas enquanto ele está em coma e se encontra com Jesus ele descobre que Deus se importa com ele muito mais do que ele imagina, e o mais importante de tudo, ele descobre que Deus o ama.
            Quando Anthony começa a conversar com Jesus, ele o pede uma segunda chance, e é claro que Jesus a concedeu. Enquanto Anthony está em coma no seu corpo terreno, ele está participando de uma grande e milagrosa jornada espiritual, reconstruindo-se e se concertando com Deus, e consigo mesmo.
            Na busca por redenção, Tony deverá decidir como usar o poder que lhe foi concedido por Jesus: o poder de curar uma pessoa. Ele tem a chance de curar a si mesmo, ou a qualquer outra pessoa, mas toma uma decisão que muda não só a vida dele, mais também a de seus familiares.
            Acho linda a forma como tudo é bem feito nesse livro, e é de se admirar com a capacidade do escritor Willian de escrever uma historia tão complexa, e bonita como está. Geralmente eu costumo ler o livro bem rápido, mas dessa vez tenho que admitir que este livro foi um dos livros o qual eu mais demorei a ler, pois ele é tão envolvente e verdadeiro, que a cada pagina me fez parar, pensar e refletir sobre tudo o que eu estava lendo e vivendo.
Talvez você que está lendo pense, “Nossa se ela demorou a ler, o livro deve ser lento ou entediante”. Mas não, ler este livro não proporciona tédio (ao menos não para mim) , e sim ele é um tanto lento e calmo. Mas sabe o porquê de ele ser lento e calmo, porque ele é aquele tipo de livro que nos proporciona uma leitura calma e agradavelmente reveladora.

Então, eu indico este livro para todos. Mas gosto é gosto, não garanto que gostem tanto quanto eu, mas se gostarem conte-me depois.
Para você que já leu o livro, parabéns, fez uma boa escolha, para quem leu e não gostou, como eu disse antes, é tudo questão de gosto. E para quem leu e gostou, estamos juntos. Ah! E como poderia esquecer-me, para quem ainda vai ler, espero que goste.
Logo mais volto com novas resenhas.
Tchau, abraços.




Comentários

  1. Tive a oportunidade de comprar esse livro recentemente, mas desisti, porque sou meio desconfiada de livros que falam de religião.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom esse livro fala de religião ams de uma maneira muito bonita, e não ofende em nenhum momento nenhuma religião ou crença.
      Eu estou providenciando para comprar a Cabana, mas este foi o primeiro livro de religião que eu li, e gostei muito.

      Excluir
  2. Nossa deve ser tão bom quanto a cabana, já ta anotado aqui. Quando eu puder vou comprar, não sabia que ele tinha escrito outro.

    Dê uma passada lá no meu blog que tem um selinho novo pra voce. Espero que não se importe, e que goste..
    Beijos

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie Linda, tudo bem com você ?
    Estou passando para retribuir sua visitinha e dizer que não apareci por esses dias
    aqui porque andei super indisposta por causa da minha TPM, mas vim aqui para ver as suas novidades. =]]

    Achei muito linda a resenha que vc fez.
    Parece ser um livro muito interessante.
    Gostei mesmo.
    Espero que você ainda venha fazer muito sucesso com o seu blog, porque gosto muito de vc amiga.

    Outra coisa, sabe o que eu queria te falar, é que vc pode trocar o meu banner pelo novo que tá la no meu cantinho. Trás pra cá se quiser ok ? Se cuida =]]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Aahm, eu nunca li nenhum livro do autor; e em relação ao livro "A cabana" nunca me decidi se leio ou não, porque as opiniões empatam, algumas pessoas dizem é péssimo, horrível e sem lógica; já existem aquelas que amam de paixão. Sinceramente espero um dia poder ler esse livro. Já essa resenha que você me deixou bastante curiosa; vou procurar mais e depois resolvo se vou ou não ler. ótima resenha. *-*
    Seguindo seu lindo blog, poderia retribui? Obrigada (:
    Beijocas,
    Cindy, Livros e Piratas (visite o blog, te espero por lá!)

    ResponderExcluir
  5. Nunca li mas parece ótimo! Adorei a resenha, ficou perfeita.
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  6. Eu não sei se esse seria um livro que iria amar, até porque ele não tem nada a ver comigo, mas acho que valeria a pena dar uma chance, pois todo mundo fala bem do autor, principalmente do outro livro dele.
    Quem sabe mais pra frente?

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Diga o que acha, e ajude a transformar o blog a cada dia.