23 setembro 2013

O Teorema de Katherine

Olá pessoal, o post de hoje é uma resenha, espero que gostem.
Resenha   O Teorema de Katherine
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Paginas:302
Autor: John Green

19 Katherines por enquanto...
Quando se trata de garotas (e no caso de Colin quase sempre se tratava), todo mundo tem seu tipo. O de Colin Singleton não é físico, mas linguístico: ele gosta de KATHERINES. E não de Katies, nem Kats, nem Kitties, nem Cathys, nem Rynns, nem Trinas, nem Kays, nem Kates, nem – Deus o Livre – Catherines. Já teve dezenove namoradas. Todas chamadas Katherine. E todas elas – cada uma, individaulmente falando – terminaram com ele.
Por onde começar, a elogiar e a resenhar este livro? Sinceramente?

Não sei. Mas vou fazer o possível para dar ao autor e ao livro o devido credito.



Colin é o que todos chamam de menino prodígio, ele é muito inteligente, muito mesmo. Alguns chegam até a chama-lo de gênio, mas ele não se considera um gênio.  Desde pequeno ele é fascinado por estudos, estudos de tudo o que você possa imaginar, incluindo línguas, ele fala tantas línguas, que eu prefiro nem cogitar.  Mas acima de tudo, ele tem uma certa... obsessão por garotas chamadas Katherine.
Ao todo ele já teve dezenove namoradas chamadas Katherine, e cada uma delas terminou com ele. Imagina o trauma, e o desgosto que esse garoto não deve ter ficado?
Após tantas decepções amorosas, ele é seu amigo Hassam decidem cair na estrada, e acabaram indo parar em uma pequena cidade chamada, Gurshot.
Tudo o que Colin queria era ter um momento “eureca” e conseguir reconquistar Katherine XIX, isso não era nada fácil. Então quando ele finalmente ele teve o seu momento “eureca” , o seu objetivo tornou-se criar um teorema, mas não um teorema qualquer, aquela era uma equação que previa o tempo em que um relacionamento duraria, e quem o terminaria e por qual motivo.
Esse teorema é o fato que torna o livro mais incrível, não é qualquer um que tem capacidade de criar um livro dessas, mas o John provou não ser qualquer um, e se mostrou mais que capaz de escrever uma história magnífica. Além de sentimento, cuidado e carinho ao escrever nos podemos ver a cada pagina desse livro que o autor John Green, tem também uma coisa muito importante, INTELIGENCIA, e AMOR, pela escrita.  
O livro prendeu minha atenção enquanto eu o lia, e tenho que confessar que o li bem rápido, só demorei para postar a resenha por conta de um problema com meu computador. A conclusão final do teorema é incrível. Deixando claro também que o livro tem um pouquinho de humor, e graça.
Espero que gostem do livro. Tenham uma boa leitura.
Abraços!!!


2 comentários:

  1. Olá parabéns pelo post me parece ser muito o livro !
    bjos! fica com Deus .

    ResponderExcluir
  2. Excelente resenha
    seguindo se puder retribuir
    blog: estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Diga o que acha, e ajude a transformar o blog a cada dia.