06 setembro 2014

Resenha, Enquanto a chuva caía.

Olá galerinha, tudo bem com vocês?
Hoje eu vim aqui para fazer um post que eu não tenho feito a um certo tempo. O post de hoje vai ser uma resenha. Pois é!
Como eu estava um pouco afastada do blog eu não estava tendo muito tempo para ler ou resenhar, mas como eu amo estar aqui com vocês, compartilhando minhas leituras hoje eu vou fazer a resenha de um livro maravilhoso, para comemorar a minha volta.
Antes de começar a resenha eu gostaria de contar para vocês que quase, quase que eu desisto de fazer esta resenha. Motivo: Esse é aquele livro que te faz ficar com o coração quentinho, olhando para o vazio, e pensando o que será da minha vida agora que acabou. A sensação de terminar esse livro é um misto de alivio por ter saciado todas as curiosidades, tristeza por ter acabado, e orgulho por saber que nossa literatura possui escritores tão bons. 

Então vamos lá, hoje a resenha vai ser do livro:
Enquanto a chuva caía.
Titulo: Enquanto a chuva caía.
Editora: Novo conceito(selo novas paginas)
Autor: Christine M.
Paginas: 238.
Ano:2014
Sinopse:
Erik não procura mais a garota dos seus sonhos. Vive em busca de adrenalina e de uma razão para continuar cumprindo tarefas obscuras. Ele sabe que é muito bom no que faz e não vê nada que possa ser melhor do que os seus dias repletos de perigo. O que Erik não esperava é que sua paixão por correr riscos seria a sua ruína. Ameaçado, ele precisa fugir para o exterior e viver disfarçado de cidadão comum, trabalhando como advogado em uma grande empresa.
Marina comanda o império da família depois de seu pai ter sucumbido ao mal de Alzheimer. Precisa suportar ver os pais tombarem diante da ação implacável do tempo, enquanto ainda carrega a ferida provocada pela morte do jovem marido. Com o comando das empresas nas mãos, ela percebe que nem todas as atividades da corporação obedecem aos manuais de boa conduta.
Quando ambos se encontram, presente e passado se misturam, dando início a um mistério arrebatador que os atrai a uma paixão incontrolável. No entanto, os segredos, cedo ou tarde, virão à tona e os colocarão em lados opostos da balança.
Nenhum dos dois é inocente, mas será que eles aceitarão as verdades que tanto se empenham em esconder? É possível construir um futuro mesmo depois de descobrir que nesta história não há mocinha nem herói?

Resenha: Trata-se de um livro que conta a história de Erik, um gato( haha eu achei), que trabalha fazendo aqui que a policia não faz, mas acabou se metendo em confusão, e precisou tirar "ferias" como ele mesmo diz, para não morrer. Sendo assim ele vai para os Estados Unidos, trabalhar em uma grande empresa, exercendo a função de advogado. Erik já não se importa com o amor e não tem a minima intenção de se apaixonar. O trabalho na empresa que para ele é terrivelmente chato e entediante acaba mostrando-se muito mais aceitável quando ele conhece sua chefe Marina.
Já Marina, é uma jovem rica, bonita e viúva que comanda o império dos seus pais. Marina após perder Adan, seu grande amor passa a viver isolada de todos, se dedicando apenas aos negócios da família e fazendo a fortuna de seu pai, que está muito doente, crescer ainda mais. Depois da morte de Adan, Marina busca consolo visitando todos os dias o cemitério no qual as cinzas dele foram depositadas em uma árvore. Marina é o tipo de mulher que possuem mistérios e segredos, mas que acima de tudo gosta de dias chuvosos, pois são nesses dias que as coisas boas acontecem (eu também sou assim.), e é também em um dia chuvoso, de baixo de uma tempestade que ela encontra  homem que vai mudar sua vida. 
A empresa de Marina está envolvida em esquemas de caixa dois, falsificação, e corrupção. Erik achava que havia sido mandado para trabalhar naquele lugar apenas para passar o tempo até poder voltar para o Brasil, mas apos entrar em um relacionamento com Marina acaba descobrindo que foi colocado ali dentro para espionar a empresa sem que ele mesmo soubesse que estava fazendo.
Quando Erik e Marina se conhecem muita coisa muda e a nuvem pesada que paira sobre a cabeça de cada um deles começa a pesar. Fazendo com que cada um deles se encontrem com situações inusitadas e descubram segredos inimagináveis um sobre o outro.
Erik se vê envolvido em uma tremenda confusão, continuar seu trabalho para literalmente ferrar a empresa? Ou ficar com a mulher que ama? Como continuar a viver com tantos segredos e tramas em suas vidas?
Marina mal pode aguentar pensar em ficar com um homem que pode destruir a vida de sua família, que já vai de mal a pior, mas ela jamais conseguiria viver sem o amor daquele homem misterioso e encantador que à conquistou Enquanto a chuva caía.
Toda a história é narrada pelos dois personagens, de forma que cada um conta um pedacinho dos acontecimentos deixando seus pensamentos e sentimentos totalmente claros, de uma forma que é possível mergulhar na história e sentir junto com os personagens, e eu amo livros assim, como esse, que deixam a sensação de realidade tanto nas cenas quanto nos sentimentos.
As cenas são todos descritas tão detalhadamente que é impossível não se sentir dentro do livro. E a autora ainda tem aquele jeitinho todo especial de esclarecer certos mistérios criando outros ainda maiores que nos prendem a história a cada pagina. A trama é tão bem feita que por mais que tentemos encontrar um culpado, não conseguimos (eu não consegui) só no finalzinho do livro, quando eu acreditava que não tinha mais chance de acontecer algo, fiquei encantada com os acontecimentos e e surpresa com o culpado. 
Quando a história acaba, finamente podemos responder a pergunta:
É possível viver o amor quando não existe nenhuma mocinha e nenhum herói? (não vou contar para vocês a resposta porque vocês vão ter que ler para descobrir)
Sem contar que a capa do livro é linda, tem tudo a ver com a história, a editora caprichou em tudo, a diagramação é ótima, as paginas são um pouco amareladas, daqueles que nos deixam com sensação de conhecer o livro a muito tempo.
Fiquei procurando palavras para falar bem da história, descrever tudo o que eu senti, mas não consegui. Sinceramente, procurei palavras atrás de palavras que pudessem fazer jus a esse livro a essa história, a essa escritora, mas não consegui. Espero que isso aqui seja o suficiente, afinal de contas, acredito que por mais que eu tente, jamais vou conseguir descrever o quão maravilhosas são as histórias contadas pela Christine M.

Por hoje é só galerinha. Espero que tenho gostado. E logo logo volto com mais novidades!!!
Abraços!
beijos!
 

3 comentários:

  1. Oi Sé, tudo bom?!

    Achei essa capa linda! A sinopse me chamou bastante atenção também e adorei a sua resenha! Fiquei com vontade de lê-lo! Menina, escreva mais resenhas! Adoro a sua escrita! hahahah

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii Séfora, adorei a resenha!! Tenho muita vontade de ler esse livro, e nossa, sei realmente como é difícil escrever alguma coisa quando o livro mexeu demais com a gente... e é realmente muito bom saber que temos tantos autores talentosos.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  3. Que bom que gostou do livro linda.
    Ele chegou hoje aqui em casa, pois ganhei em um sorteio..e nem acreditei..rs
    Espero ter tempo para ler em breve.
    Também achei a capa linda, e espero gostar da história e sentir o mesmo que você.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Diga o que acha, e ajude a transformar o blog a cada dia.