02 agosto 2016

Resenha: Alice no país do Amor

Alice no País do Amor

Sinopse: Alice é uma advogada beirando os trinta anos, que mora em Curitiba e sonha com o verdadeiro amor. O problema é que ela é apaixonada – desde menina – por Max (atual namorado de sua melhor amiga, Helen), nutrindo, por ele, uma paixão platônica.
Esse sentimento se reacende na época da faculdade quando o reencontra como professor do curso de Direito. Alice resolve não revelar que fora sua vizinha quando criança e inicia um flerte com Max, mas a história toma outro rumo quando ele conhece Helen e eles começam a namorar.
Sofrendo com essa paixão não correspondida, Alice conta sempre com o apoio de Alan, seu amigo e confidente, mas vê evaporarem suas últimas esperanças ao saber que Max pediu Helen em casamento. Abalada com a notícia, com a autoestima “no pé” e tentando “dar a volta por cima”, Alice decide ousar, com um vestido pra lá de provocante, justamente na festa de aniversário à fantasia de Helen (em que quase todos estão vestidos como as personagens de Alice no País das Maravilhas) e então desperta — novamente — o interesse de Max, que tenta seduzi-la.
Será que Alice conquistará o homem dos seus sonhos?


Ano: 2015 / Páginas: 228
Autora: Lucilla Guedes
Idioma: português 
Editora: Chiado Editora
Cortesia da editora. 

Resenha: Alice, é uma jovem advogada, apaixonada por escrever e loucamente apaixonada por seu ex- professor da faculdade e namorado de sua melhor amiga. Paixão essa que ela nutre desde a infância. Mas ele nem imagina que sua ex-aluna é aquela menininha que se refugiava no seu quarto quando era pequena.
A única pessoa que sabe dessa paixão que lhe despedaça a alma e lhe enche de dúvidas é seu melhor amigo e confidente Alan. Ele é a pessoa que seca todas as lagrimas, a faz sorrir e com quem ela passa grande parte do tempo. Alan, é tudo aquilo que Alice espera de um homem, mas ela é apaixonada por outro.

Até aqui, já é possível perceber o clichê que é essa história. Alice se encontra nos braços de um, encontra o amor onde menos espera, mas o passado insiste em confundir sua cabeça.
A história em si pode até ser um tanto previsível por ser aquilo sobre o qual a maioria dos autores de romances costumam escrever, um amor impossível e o encontro de um grande amor onde menos esperamos.
O que torna essa história cativante e me faz querer recomendar a leitura para outras pessoas é a escrita da autora. Ela escreve de forma leve e tranquila, durante todo o livro temos reflexões dos personagens sobre a vida e a exposição aberta dos sentimentos e pensamentos da personagem Alice.
Durante todo o texto a autora escreve de forma poética, dando característica a personalidade de escritora da jovem Alice.

       " Felicidade é um bicho que nos injeta seu doce veneno de tempos em tempos e depois voa, jurando voltar, deixando na boca, um gostinho de "quero mais". Surge de onde menos se espera, quando menos se espera."




Um ponto que da certo ar despretensioso a história são alguns personagens que surgem de forma passageira na história apenas para dar algum conselho a Alice.
Em muitas partes do livro é possível notar comparações entre Alice no país das maravilhas e Alice no país do amor, dai o título do livro, por isso a autora sempre faz algumas analogias, como, Alice entrando na toca do coelho e Alice se dando a chance de viver o amor.
A história é sempre leve, se passa em ritmo tranquilo. Alice vive muitas surpresas e aprende a diferença entre fazer sexo e fazer amor.
Recomendo essa história para todos aqueles que procuram uma leitura tranquila.
E ai, vai embarcar nessa história? 

19 comentários:

  1. Olá Sefora
    sou uma pessoa muito suspeita ao falar desse livro porque eu fiquei completamente apaixonada pelo estilo de narrativa da autora. Inclusive, fico toda boba ao falar dele porque tem até meu ne nos agradecimentos, e é claro que fico muito honrada. Realmente é uma leitura bem tranquila e fico feliz que tenha curtido.

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Esses romances de hoje dias são em grande parte, bem previsíveis, mas mesmo o previsível ainda consegue nos cativar. O desfecho dessa história é muito previsível, mas te fez gostar do mesmo jeito. Isso é maravilhoso. ser igual, porém diferente.
    Adorei a resenha!

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu já li esse livro e a leitura foi muito gostosa. Me deu até uma saudade agora! Achei mesmo bem levinho e muito agradável. A história louca da Alice me ganhou desde a capa. Torci muito para o Alam e queria que o ex tivesse o pior dos finais kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ops, corrigindo... Ex não, o cara da infância dela, mas acho que você entendeu o "ex" kkkk

      Excluir
  4. Não curto releituras e não aprecio o universo da Alice no Pais das Maravilhas, poreeeeeeeemmmmmmmm, achei essa pegada de modernidade e o cenário (amo Curitiba), me deixaram curiosa para conferir.
    Adorei a dica.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto bastante de Alice no país das maravilhas, porém, dificilmente curto livros que "se baseiam " (não na história, porque está claro que são totalmente diferentes) em outros livros! Mas, pela sua resenha, dá pra perceber que Alan é aquele "personagem da vida real " , afinal todos temos aquele amigo que está ao nosso lado para o que der e vier! Ótima resenha, tenho certeza que os amantes do gênero irão amar esse livro!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Adorei sua resenha, pois eu não conhecia o livro e me fascinei pela obra... Vou anotar a dica, com certeza. Eu já li o livro, digamos, original, A Alice no país das maravilhas e adorei. Este sem dúvidas será tão bom quanto, pela intertextualidade e pelo romance que promete! Parabéns pelo seu texto. Abraços..

    ResponderExcluir
  7. Olá Séfora,
    Todas as resenhas que li desse livro até agora falaram que a leitura é leve e envolvente e não tenho dúvida em relação a isso. Achei legal alguns personagens surgirem de forma passageira na trama e, mesmo a história sendo previsível em alguns pontos sei que vou gostar. Dica mais do que anotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Apesar de adorar releituras, esse não me chamou muito a atenção, acho que talvez por ter mudado radicalmente a história. Mas achei legal que, apesar de bem previsível, você conseguiu aproveitar bem a história.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Preciso dizer que Alice no país das maravilhas é um dos meus contos preferidos. Inclusive o lado negro da história dela. Você me deixou curioso para saber o desenrolar da história e ver essas analogias que a autora criou ao longo do livro. Espero poder gostar tanto quanto você. Dica anotada!

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oie, por mais fofa e leve que a escrita seja o enredo não me atraiu pois não gosto muito de romances principalmente desses com elementos mais clichês. Mas fico feliz que tenha curtido a leitura. E fica para uma próxima dica.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Olá♥
    A premissa da história é incrivel, mas como você mesma disse já percebemos um ar de clichê, mas o que gosto em histórias clichês é que cada um toma um rumo . Confesso que a capa não me atraiu para um enredo tão legal acho que deveriam ter investido mais na capa. Você disse que gostou da escrita da autora, isso me chamou atenção sempre em resenha procuro saber o que o leitor achou da escrita do autor para que me dê uma cera vontade em ler ♥ Dica anotada ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi Séfora, tudo bem?
    Esse livro me parece ser interessante e apesar de você dizer que é uma leitura leve, acredito que será divertido compará-lo com Alice no país das maravilhas em alguns pontos no decorrer da leitura. Parece mesmo ser um clichê por conta dessa ideia de encontrar o amor onde menos esperamos, mas ainda assim muitos falam bem do livro e para mim não importa se o livro é previsível e clichê desde que a escrita seja boa o suficiente para nos cativar.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Apesar do título do livro ter me chamado a atenção, eu não gostei muito do enredo. Tô cansada dessas histórias de mocinhas com amores platônicos e que precisam dar um up no visual para chamar a atenção do sujeito. Já curti muito, mas acho que gostei.
    Fora isso, achei bacana ter essas analogias com Alice no país das maravilhas. Não descarto a leitura, mas acredito que não se encaixe no meu momento.
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    O livro não me chamou muito a atenção.
    Achei a capa bem fofa e a resenha muito bem feita.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Séfora

    Nossa, ser apaixonada pelo namorado da amiga deve ser uma coisa tensa, hein...
    Achei o enredo bem parecido com o do livro O Inferno de Gabriel. Não sei se leria, sabe? Mas eu nunca digo nunca! ;)
    Só não curti muito a capa...

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia o livro, na verdade, não conheço muito das publicações da Chiado, então é uma ótima oportunidade para conhecer. Gostar do namorado na amiga é algo temido por qualquer um. Uma situação bem complicada. Vou anotar a dica.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  17. Confesso que estou meio cansada de livros clichês, principalmente porque a pouco tempo li um livro com o mesmo enredo ''apaixonada pelo namorado da amiga'' mas o livro sendo bem escrito consegue ofuscar esse clichê, vou dar uma chance a obra

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Sabe que estou com esse livro para ler aqui em casa e será uma das minhas próximas leituras. Fico muito feliz em ver que você gostou da obra e que é uma leitura despretensiosa e leve, estou muito curiosa para conhecer esse romance. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Diga o que acha, e ajude a transformar o blog a cada dia.